Quinta Vinícola/Adega no Douro Vinhateiro

Propriedade em elegantes socalcos, de solos xistosos, conferindo à paisagem uma arquitetura enológica de beleza que comove e nos prende.

Possui excelente adega com elevada capacidade de produção, fermentação e armazenamento. Com vinificação em cubas de inox, e com o seu armazenamento em cubas igualmente em inox. Com dezenas de toneis em cascos de carvalho.
Principais características: 7.5 hectares de área útil, 6.5 hectares de vinha nova, com beneficio ( metade de uvas brancas, com as castas de viosinho, gouveio do douro e rabigato, sendo a outra metade de uvas tintas, touriga nacional, tinta roriz e touriga franca).

A Adega é composta por 4 sectores divididos em várias construções.


-Sector de vinificação de vinhos tintos ( 4 cubas inox de 25.000 litros cada), e brancos ( 3 cubas em inox de 36.000 litros cada), com capacidade de fermentação total, por período de 208.000 litros.
-Sector de armazenamento para vinhos do Porto em tonéis de madeira com capacidade para 750.000 litros.
Armazenamento em inox, excluindo as cubas de fermentação, com capacidade para 800.000 lito;
-Sector de estágio das garrafas com amplas compartimentações semi-subterraneas, contruídas em betão armado;
-Sector de engarrafamento/embalamento com grande amplitude.
Existe uma magnifica casa principal e mais 3 casas simples facilmente reabilitáveis.
-Eletrificação total da quinta.
-3 furos de água.
-3 tanques em betão armado.
-rede de água interna.
-todos os caminhos de acesso e circulação em paralelos de granito.
-muros de suporte em xisto e betão armado.

Criada em 1756 por iniciativa do governo do Marquês de Pombal, como a primeira região demarcada e regulada no mundo, o Alto Douro Vinhateiro, é um exemplo excecional de uma região tradicional que vive em torno da produção vinícola, seja do afamado vinho do Porto, seja dos mais recentes vinhos de mesa de grande qualidade. Todos esses vinhos provêm dos socalcos que rodeiam o rio Douro e os seus afluentes, onde muros de xisto suportam alas de videiras carregadas com cachos de uva branca ou tinta.
Não só a paisagem é alterada pela produção do vinho, mas também o ritmo da vida dos durienses. Se o Inverno é marcado pela calma e pelo sossego, que parece transparecer nas videiras despidas, a transição do verão para o outono traz a azáfama das vindimas, com um descer e subir de cestos e tesouras de poda, nas encostas povoadas por trabalhadores.
Reconhecendo a importância da paisagem e das atividades tradicionais de produção de vinho, em 2001, a UNESCO classificou como Património Mundial 24 600 hectares do Alto Douro Vinhateiro
No distrito de Bragança.
A 90 minutos do aeroporto do Porto por percurso em auto-estradas e vias rápidas.
Espanha a 30 minutos.

Engel & Völkers

Agência Imobiliária E&V Aveiro
Praça Marquês de Pombal 2
3810-133 Aveiro
Portugal
Telefone
+351 234 026 223

Para a loja



Array
(
    [EUNDV] => Array
        (
            [67d842e2b887a402186a2820b1713d693dd854a5_csrf_offer-form] => MTM5MjE5NzU3NkJ4d29xancwTDVhZWFIRzEycXAxcW9SdElHdVBqMTdV
            [67d842e2b887a402186a2820b1713d693dd854a5_csrf_contact-form] => MTM5MjE5NzU3NnlHcUR0Y2VlTXVPUndLMHZkMW9zMnRmRlgxaUcwaFVG
        )

)