Esta página de internet utiliza cookies. Ao continuar navegando pela página, aceita a utilização das nossas cookies.
X
Quer obter o melhor preço para o seu imóvel?

Engel & Völkers está oferecendo a você a ter o valor de mercado atual da sua propriedade determinado pelos nossos especialistas, gratuitamente. Por favor, preencha o formulário e entraremos em contato consigo em breve.

 

Privacy Policy

Inscreva-se na nossa newsletter e seja o primeiro em receber as nossas novas propriedades!

Descubra propriedades interessantes do nosso portfólio e obtenha mais informações sobre os nossos serviços e o fascinante mundo da Engel & Völkers.

Privacy Policy

Investimento imobiliário português liderado por franceses e brasileiros

Um estudo realizado pela APEMIP (Gabinete de Estudos da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal) reforça a ideia de que o investimento estrangeiro tem sido fundamental para o desenvolvimento do ramo imobiliário, destacando que entre os maiores investidores, se encontram os franceses e os brasileiros.

Segundo os dados recentemente divulgados pela APEMIP, 29% do investimento imobiliário está nas mãos de franceses, sendo que o maior crescimento é no investimento brasileiro que ascendeu, este ano, para os 19%. O estudo revelou ainda que, além destas nacionalidades, existem outras a apostar fortemente no investimento imobiliário em solo luso, sendo notória a presença dos ingleses, equivalente a 11%; dos chineses, cujo investimento foi de 9%; e dos angolanos que, em 2017, representaram 7,5 % das compras de imóveis em Portugal.

Luís Lima, presidente da APEMIP não se apresenta surpreendido com os resultados, considerando que, no que respeita à aposta brasileira em Portugal, esta seria expectável quando considerado o cenário político e social de instabilidade que se vive no país. Desta forma, o próprio presidente considera que é provável que, no corrente ano, se continue a verificar um aumento no que respeita ao investimento dos brasileiros no nosso país.
A quebra sentida no que diz respeito ao investimento chinês preocupa um pouco Luís Lima, que afirma que existe uma necessidade de rever os procedimentos de Autorização de Investimento para Atividades de Investimento no sentido de normalizar a situação e facilitar a emissão de vistos.

Os estrangeiros têm, em Portugal, uma forte representatividade no que respeita ao investimento imobiliário e, em 2017, esta ideia foi reforçada, sendo que 1 em cada 5 habitações foram adquiridas por investidores estrangeiros. Neste leque, privilegiou-se a zona de Lisboa, do Porto e do Algarve, sendo que foram principalmente procuradas habitações com tipologia T2 e T3.

Para 2018 é esperado que se dê uma descentralização da procura por parte dos investidores estrangeiros e Luís Lima acredita mesmo que é possível que regiões menos populosas possam suscitar o interesse internacional, já que se revelam como alternativas viáveis de investimento. Exemplo disso, são as regiões interiores do país, que poderão interessar aos exploradores de espaços de turismo rural.

Sintra - pexels-photo-408503.jpeg

Considerando que 2017 foi um ano de intensa melhoria e cujos resultados podem apenas ser descritos como altamente positivos - mediante um aumento de 25% na venda global de casas face ao ano transato - o presidente da APEMIP parece manter-se otimista para o ano de 2018, acreditando que a tendência ascendente do sector imobiliário tenderá a manter-se e que o interesse internacional sobre Portugal irá acentuar-se.

Aos olhos destes investidores, o nosso país é visto com bons olhos depois do seu crescimento ao nível do turismo e da sua projeção através da integração de rankings mundiais que privilegiavam o solo lusitano ao nível da segurança, da diversão e também da relação entre o preço e a qualidade de vida. De França, do Brasil, de Inglaterra e também da África do Sul, da China e da Rússia começou a sentir-se a atenção crescente, que acabaria por se manifestar com o crescimento efetivo do setor em 2017 e a percentagem de investimento estrangeiro que a motivou.

Além de impulsionar o crescimento do ramo imobiliário, esta procura por parte dos investidores estrangeiros veio repercutir-se, também, num crescimento global do mercado interno nacional, estimulando a economia e ajudando a criar postos de trabalho.

A verdade é que, no nosso país, os estrangeiros continuam a ver o mercado imobiliário como um investimento mais seguro do que o mercado financeiro, optando, por isso, por apostar na compra de imóveis para fins habitacionais ou comerciais. Esta tendência de investimento deve-se, em parte, também, ao facto de existir um sentimento global de que, contrariamente a outros países europeus, Portugal existe numa espécie de bolha imobiliária, onde, ainda que menores, as taxas de retorno são mais concretas e expectáveis.

O papel dos vistos Gold para a criação deste cenário precisa, também, de ser destacado, embora sejam, ainda, necessárias algumas melhorias, nomeadamente no tempo de emissão e renovação dos vistos - para que este programa de captação do investimento possa elevar-se ao seu potencial.

Parte imprescindível do crescimento sentido, no sector imobiliário, ao longo do ano de 2017, foram representantes imobiliários como a Engel & Völkers, que devotaram todos os esforços no sentido de garantir a melhor experiência de mediação imobiliária junto dos investidores nacionais e estrangeiros.

Com mais de 40 anos neste setor, a Engel & Völkers permanece uma referência na representação dos clientes que procuram adquirir ou vender imóveis de luxo para fins residenciais ou comerciais. Em Portugal, através das suas lojas e mediadores, esta agência traz a mestria adquirida ao longo dos anos, garantindo o melhor serviço personalizado e sendo uma ajuda fundamental para o crescimento do setor.

Contacte-nos já

Engel & Völkers Sintra
E-mail
Para trás
Contacto
Insira a sua informação de contacto aqui
Agradecemos o interesse demonstrado. Iremos entrar em contacto consigo imediatamente.

A sua equipa Engel & Völkers
Saudação
  • Sr.
  • Sra.

Privacy Policy

Enviar

Conhecemos o valor de mercado do seu imóvel

Sabe qual é o valor atual do seu imóvel? Quer se queira apenas informar, antes de mais, sobre o seu valor de mercado atual ou deseje vender o seu imóvel nas melhores condições possíveis: os nossos especialistas de comercialização experientes estão ao seu dispor, de bom grado, para uma avaliação gratuita e sem compromissos do valor.
Avaliar
Para trás
Contacto
Insira a sua informação de contacto aqui
Agradecemos o interesse demonstrado. Iremos entrar em contacto consigo imediatamente.

A sua equipa Engel & Völkers
Saudação
  • Sr.
  • Sra.
Insira informações sobre o seu imóvel para que possamos processar o seu pedido o mais rapidamente possível

Privacy Policy

Enviar

Follow us on social media



Array
(
[EUNDV] => Array
(
[67d842e2b887a402186a2820b1713d693dd854a5_csrf_offer-form] => MTM5MjE5NzU3NkJ4d29xancwTDVhZWFIRzEycXAxcW9SdElHdVBqMTdV
[67d842e2b887a402186a2820b1713d693dd854a5_csrf_contact-form] => MTM5MjE5NzU3NnlHcUR0Y2VlTXVPUndLMHZkMW9zMnRmRlgxaUcwaFVG
)
)