Quer obter o melhor preço para o seu imóvel?

Engel & Völkers está oferecendo a você a ter o valor de mercado atual da sua propriedade determinado pelos nossos especialistas, gratuitamente. Por favor, preencha o formulário e entraremos em contato consigo em breve.

 
Inscreva-se na nossa newsletter e seja o primeiro em receber as nossas novas propriedades!

Descubra propriedades interessantes do nosso portfólio e obtenha mais informações sobre os nossos serviços e o fascinante mundo da Engel & Völkers.

Mercado de Casas de Luxo dispara em Portugal

Engel & Völkers regista um aumento de 150% no volume total de vendas nos primeiros nove meses do ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

A escolha de quem prefere Portugal para viver é variada, mas em localizações-chave. O Algarve é uma das zonas mais procuradas e as áreas mais procuradas para arrendamento ou aquisição de imóvel são a Quinta do Lago e Vale do Lobo. Aqui, dependendo da localização, existência de campo de golfe e/ou vista de mar, os preços por metro quadrado podem variar entre os 5000 e os 7000 euros. Quem procura casa nesta zona privilegia moradias, áreas amplas, com três a cinco quartos, proximidade de praia e de campos de golfe. Por exemplo, uma moradia com quatro quartos pode custar entre 1,2 milhões de euros e 8 milhões de euros.

Na Grande Lisboa, Cascais e Estoril são as áreas mais desejadas, enquanto na capital o maior interesse recai no Parque das Nações, no Restelo e na zona centro, com incidência no Chiado, Príncipe Real e Avenida da Liberdade, esta última com particular aumento na procura para habitação.  

No Estoril, a maioria dos imóveis são moradias e os preços variam muito, uma casa com dois quartos pode custar entre 180.000 e os 1.800.000 euros. Para um imóvel com quatro quartos os valores oscilam entre os 400.000 e os 4.000.000 de euros. Até Cascais, a oferta abrange apartamentos e moradias, e aqui os valores de uma casa de tipologia T2 podem variar entre os 550.000 e os 1.500.000 euros, enquanto um T4 começa nos 350.000 e pode alcançar 4.350.000 euros. Os locais de maior procura são a Quinta da Marinha e o centro histórico da vila de Cascais, sendo a oferta reduzida nesta última zona.

Procura maior do que a oferta imobiliária nas zonas históricas da capital

Em Lisboa, a procura é diferenciada de acordo com o perfil do comprador. Segundo a mediadora, as áreas mais procuradas situam-se no centro, entre o Chiado e o Príncipe Real. Contudo, a oferta de imóveis com as características pretendidas é escassa, situação que faz com que os preços dos imóveis reabilitados, com vista e espaços exteriores, tenham subido para valores próximos dos 10.000 euros por metro quadrado, o que até há pouco tempo seria inconcebível. A Avenida da Liberdade, habitualmente propícia para escritórios e comércio de luxo, tem aumentado a sua atractividade como zona residencial. Nesta artéria, os poucos projectos destinados a habitação que surgem são vendidos rapidamente e atingem a mesma ordem de valores.

A restante procura recai sobre a Lapa, Amoreiras, Avenidas Novas, Parque das Nações ou Restelo, locais onde os valores médios de venda se situam entre os 3500 euros e os 6000 euros por metro quadrado.

No geral, o tempo médio de venda das propriedades pode ir de seis meses até pouco mais de um ano, dependendo da localização e do valor do imóvel.

Clientes Golden Visa vêm, sobretudo, da China, Brasil, África do Sul e Médio Oriente

Os programas de incentivos do Governo, como o Golden Visa e as vantagens fiscais para residentes não habituais, cativam investidores internacionais de diversas origens. Os clientes Golden Visa vêm, sobretudo, da China, Brasil, África do Sul e Médio Oriente. São, maioritariamente, investidores passivos que colocam o seu imóvel ou propriedade no mercado de arrendamento. A Engel & Völkers assegura que actualmente a relevância deste programa de incentivo é mais relativa do que no seu arranque, mas continua a ser uma importante vertente do negócio. 

Os clientes que usufruem de vantagens fiscais para residentes não habituais são oriundos de países do Norte e Centro da Europa, como a Suécia, Dinamarca, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Suíça, Bélgica ou França, e pretendem habitar em Portugal durante uma parte do ano. 

Portugal ocupa, este ano, a 14.ª posição do Global Destinations Cities Index, da Mastercard

A capital portuguesa subiu um lugar na lista das cidades europeias que recebem mais visitantes e ocupa, este ano, a 14.ª posição do Global Destinations Cities Index, da Mastercard. No ranking global, Lisboa está em 35.º lugar entre 132 cidades.

«Confiamos muito no desenvolvimento do mercado imobiliário em Portugal. O crescimento e evolução positiva que tem demonstrado são prova disso. É um país que está na moda»,revela Phillip Niemann, Diretor-Geral EMEA da Engel & Völkers. Segundo o responsável, Portugal atrai cada vez mais estrangeiros que vêem no sector imobiliário, em especial no segmento de luxo, um investimento seguro e com elevada possibilidade de retorno. Na maioria, compram para arrendar e para valorizar ou para segunda habitação ou residência para férias. 

Engel & Völkers

Sintra
Largo Afonso de Albuquerque, 5/6
2710-519 Sintra
Portugal
Telefone
+351 21 600 90 60

Para a loja



Array
(
    [EUNDV] => Array
        (
            [67d842e2b887a402186a2820b1713d693dd854a5_csrf_offer-form] => MTM5MjE5NzU3NkJ4d29xancwTDVhZWFIRzEycXAxcW9SdElHdVBqMTdV
            [67d842e2b887a402186a2820b1713d693dd854a5_csrf_contact-form] => MTM5MjE5NzU3NnlHcUR0Y2VlTXVPUndLMHZkMW9zMnRmRlgxaUcwaFVG
        )

)